Apresentação

A ERES será promovida anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). A primeira edição da Escola Regional de Engenharia de Software, a ERES 2017, irá ocorrer em Alegrete, RS, no período de 18 a 20 de outubro de 2017.

Esta edição está sendo realizada pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Alegrete, com a colaboração de docentes e pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Universidade Estadual de Maringá (UEM).

A ERES tem por objetivo disseminar o conhecimento e boas práticas em Engenharia de Software (ES), tanto do ponto de vista profissional quanto acadêmico. A ERES 2017 é um espaço regional para que possam ser apresentados os resultados de pesquisas de graduação e pós-graduação e relatos de experiência na indústria. Além disso, possibilitará um ambiente natural para a discussão de abordagens no ensino-aprendizagem na ES nas instituições de ensino superior da Região Sul do Brasil.

Motivação/Justificativa

A realização da Escola Regional de Engenharia de Software (ERES) pretende oferecer aos seus participantes atualizações do estado-da-arte da pesquisa científica na área de engenharia de software por meio da apresentação de palestras ministradas por pesquisadores renomados. O evento também intenciona oferecer uma atualização tecnológica por meio de minicursos apresentados por pesquisadores ou profissionais experientes e qualificados. Dessa forma, este evento irá possibilitar a divulgação de conceitos atuais na área, além de divulgar o que se está pesquisando em engenharia de software na região sul, no país e no mundo, inspirando assim o gosto pela pesquisa científica aos participantes.

Serão ainda oferecidos fóruns de graduação e pós-graduação, nos quais será discutida a pesquisa científica em engenharia de software tanto no âmbito da graduação como em programas de mestrado e doutorado. Portanto, o evento também será um espaço para publicação de trabalhos científicos e relatos empíricos da indústria, o que permitirá a disseminação de conhecimento e de boas práticas em engenharia de software. Além disso, propiciará o intercâmbio e a troca de ideias e experiências entre pesquisadores, alunos e profissionais da área, fomentando a colaboração entre grupos de pesquisa e pesquisadores de múltiplas instituições, bem como parcerias entre indústrias e universidades.

A primeira edição da ERES ocorrerá na fronteira oeste do Rio Grande do Sul, surgindo em um momento em que a referida região necessita de um maior espaço para a divulgação e atualização científico-tecnológica na área de engenharia de software. Dessa maneira, a ERES permitirá uma democratização do acesso ao conhecimento que geralmente costuma ser oportunizado apenas aos residentes das grandes áreas metropolitanas. Além disso, esse evento poderá destacar o potencial econômico da região, incentivando que indústrias de software venham a se instalar na mesma, contribuindo assim para seu crescimento.

Cumpre ressaltar também a grande importância que a engenharia de software tem nos dias atuais, posto que praticamente todas as áreas humanas necessitam em maior ou menor grau de software para apoiá-las. Aliado a isso, destaca-se que o Brasil possui um alto déficit de profissionais atuantes na área para suprir essas demandas. Dessa maneira, o incentivo à formação, qualificação e atualização de profissionais em engenharia de software é imprescindível para o crescimento do país como um todo e da Região Sul em particular. Sendo assim, a realização deste evento demonstra também ser de grande importância para a economia e desenvolvimento da Região Sul do Brasil.

Objetivo

A Escola Regional de Engenharia de Software (ERES) tem a finalidade de disseminar o conhecimento e boas práticas em Engenharia de Software (ES), tanto do ponto de vista profissional quanto acadêmico. A programação da ERES compreenderá minicursos, palestras, fórum de graduação e fórum de pós-graduação, todos direcionados para a área de ES.

O público-alvo do evento são docentes e discentes dos cursos de graduação e pós-graduação da área da Ciência da Computação, bem como profissionais atuantes na área de ES. A ERES já possui apoio de docentes de diferentes universidades da Região Sul: UNIPAMPA, PUCRS, UFRGS, UFSM, FURG, UNISINOS, UFCPA, UNISC, UFSC, IFFS, UEM, UTFPR, IFFarroupilha. Dessa forma, o evento espera atrair docentes e discentes de um amplo número de cursos, tais como: Engenharia de Software, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Informática Biomédica. Destaca-se que o potencial público alvo apenas das instituições de ensino sediadas em Alegrete é de 470 participantes. Portanto, existe a expectativa real de atrair entre 550 a 750 participantes.

A ERES será promovida anualmente pela pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). A primeira edição, a ERES 2017, irá ocorrer em Alegrete, RS, no período de 18 a 20 de outubro de 2017. Ela está sendo proposta pela SBC, com a coordenação/apoio da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Campus Alegrete, e organizada juntamente com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Universidade Estadual de Maringá (UEM). A proposta é ofertar edições anuais do evento no formato itinerante, potencializando a participação e colaboração do público-alvo de diferentes localidades da Região Sul do Brasil.