Argentina

5 roteiros para combinar Argentina e Uruguai na mesma viagem

Casapueblo, Punta del Este

Separados pelo Rio da Prata, Argentina e Uruguai são destinos que se completam à perfeição. Os percursos entre Buenos Aires e as cidades platinas do Uruguai são bem mais curtos do que entre  Buenos Aires e qualquer outro grande destino doméstico, como Bariloche, Mendoza ou Ushuaia.

Com exceção do bate-volta de um dia de Buenos Aires a Colonia, o segredo de combinar Uruguai com Argentina no mesmo roteiro é ir por um país e voltar pelo outro. E para quem viaja desempacotado, isso é moleza. Compre a ida por Montevidéu e a volta por Buenos Aires, e sua viagem ganha ritmo e fluidez.

Também é superpossível fazer a mesma operação por milhas, emitindo a perna da ida até Montevidéu e a volta desde Buenos Aires; basta que a cia. aérea voe para os dois destinos.

argentina

Buenos Aires + Colonia del Sacramento

Colonia del Sacramento, Uruguai

Esta é a mais básica — e mais fácil — das combinações. Fundada no tempo em que o Uruguai estava sob o domínio da coroa portuguesa, a adorável cidadezinha colonial de Colonia del Sacramento está a apenas uma hora de Buenos Aires, pelos barcos rápidos que atravessam o Prata (a reserva online mais fácil é pelaBuquebus).

O programa fica ainda mais tentador quando você se dá conta de que esta é uma viagem mais simples de fazer a partir de Buenos Aires do que de Montevidéu — já que o trajeto entre Colonia e a capital uruguaia leva até duas horas e meia pela estrada.

Trata-se de um dos passeios favoritos dos brasileiros que vão a Buenos Aires. A cidade é pequenina, e você vai a pé do porto ao centro histórico. Você pode sair de manhã de Buenos Aires, passear e almoçar em Colonia, e voltar no meio da tarde, ainda a tempo de curtir a noite em Buenos Aires.

No fim de semana a cidade também é bastante procurada por argentinos. Mesmo em dias de semana, porém, vale a pena reservar sua passagem de barco com antecedência, porque a travessia a Colonia faz parte da rota hidro-rodoviária de passageiros entre Buenos Aires e Montevidéu.

Montevidéu + Colonia + Buenos Aires

Mercado del Puerto, Montevidéu

Eis uma viagem fácil de organizar e bastante divertida de fazer.

Compre (ou emita com milhas) a passagem de ida a Montevidéu. Fique uns dias na cidade — de preferência no fim de semana, que é quando mais coisas acontecem.

Siga a Colonia del Sacramento de ônibus; as saídas são da rodoviária Tres Cruces (veja horários no site da COT). São duas horas e meia de viagem. A passagem precisa ser só até Colonia; as passagens a Buenos Aires combinando ônibus e barco via Colonia são para baldeação imediata, não dando direito a parar para passear na cidade.

Em Colonia você tem duas opções. Pode pernoitar por lá (pesquise hotéis aqui). Ou pode simplesmente passar o dia, prosseguindo de barco para Buenos Aires no fim da tarde (compre aqui).

Então você pergunta: onde deixa as malas? O porto não tem guarda-volumes, mas a rodoviária tem armários (lockers). Caso estejam lotados, você pode guardar as malas no bar da rodoviária, que está acostumado a prestar esse serviço.

Como ir de Montevidéu a Buenos Aires: todas as possibilidades

 

FlyBQB

Existem quatro maneiras de viajar entre Montevidéu e Buenos Aires (ou vice-versa).

1. Ônibus + Barco, via Colonia del Sacramento

É maneira mais em conta de viajar entre Montevidéu e Buenos Aires: três empresas (a Buquebus, a Seacat e a Colonia Express) operam um combinado de ônibus + barco.

Saindo de Montevidéu, você vai de ônibus até Colonia (2h30 de percurso), e lá tem conexão imediata com o barco (1h de travessia no barco rápido). Saindo de Buenos Aires, atravessa a Colônia em uma hora, depois já sobe no ônibus que continua a Montevidéu.

A maior das empresas, a Buquebus, tem dois tipos de barco na travessia. Seu barco rápido é o maior (e portanto o que balança menos) e mais luxuoso entre as três cias. que operam a rota, com maior área de free-shop a bordo. Passagens compradas com antecedência saem mais em conta. O embarque/desembarque em Montevidéu é na rodoviária Tres Cruces; em Buenos Aires, no terminal do Buquebus na continuação do Puerto Madero, em frente à avenida Córdoba (a quatro longas quadras da Florida). O site uruguaio do Buquebus tem preços menores; pode comprar mesmo se for sair de Buenos Aires. Note que o sinal “$” significa pesos (uruguaios no site uruguaio, argentino no site argentino), e não dólares.

A Seacat é uma subsidiária low-cost da Buquebus. Todos os barcos são rápidos, mas são menores do que os do Buquebus, e o espaço de free-shop, também. Passagens compradas com antecedência são mais em conta. O embarque/desembarque em Montevidéu é na rodoviária Tres Cruces; em Buenos Aires, no terminal do Buquebus na continuação do Puerto Madero, em frente à avenida Córdoba (a quatro longas quadras da Florida). Saindo de Montevidéu, compre no site uruguaio do Seacat. Saindo de Buenos Aires, compre no site argentino do Seacat. Note que o sinal “$” significa pesos (uruguaios no site uruguaio, argentino no site argentino), e não dólares.

A Colonia Express é a mais barateira da rota, mas é também a menos confiável; de vez em quando cancela partidas e deixa passageiros na mão. Seus barcos são rápidos e menores do que os do Buquebus. Passagens compradas com antecedência são mais em conta. O embarque/desembarque em Montevidéu é na rodoviária Tres Cruces; em Buenos Aires, no terminal do Colonia Express na extremidade sul do Puerto Madero, pra lá do cassino. Saindo de Montevidéu, compre no site uruguaio do Colonia Express. Saindo de Buenos Aires, compre nosite argentino do Colonia Express. Note que o sinal “$” significa pesos (uruguaios no site uruguaio, argentino no site argentino), e não dólares.

Atenção: esta modalidade de transporte entre Montevidéu e Buenos Aires não serve para quem quer passear por Colonia. A conexão entre ônibus e barco ou barco e ônibus é sempre imediata. Se você quiser parar por algumas horas em Colonia (algo que recomendo muito!), vai precisar comprar as passagens separadamente. Saindo de Buenos Aires, compre a travessia Buenos Aires-Colonia com qualquer uma das três cias; ao chegar em Colonia, passe na rodoviária (que é vizinha ao porto, ambos pertíssimo do centro histórico) e compre sua passagem de ônibus para o fim da tarde (a melhor empresa é a COT). Saindo de Montevidéu, compre sua passagem na hora na rodoviária Tres Cruces, mas já chegue a Colonia com a passagem de barco previamente comprada numa das três cias. que operam a travessia.

Tem estacionamento seguro em Colonia?

    Sim, se você tiver vindo com seu carro do Brasil, o melhor é deixar num dos estacionamentos junto ao porto em Colonia. Um deles é administrado pela própria Buquebus. Sai mais barato deixar o carro no estacionamento do que atravessar na “bodega” (e estar de carro em Buenos Aires só vai complicar a sua viagem). Os estacionamentos são seguros, não se preocupe com isso.

2. Barco, direto

A segunda maneira de fazer a travessia do Prata é pegando o ferry direto de Montevidéu a Buenos Aires. A única empresa que opera esta rota é a Buquebus. A viagem dura 2h15 horas, no novo barco rápido Francisco, com amplo free-shop. O embarque/desembarque em Montevidéu é no terminal de passageiros do porto (bem atrás do Mercado del Puerto); em Buenos Aires, no terminal do Buquebus na continuação do Puerto Madero, em frente à avenida Córdoba (a quatro longas quadras da Florida). O site uruguaio do Buquebus tem preços menores; pode comprar mesmo se for sair de Buenos Aires. Note que o sinal “$” significa pesos (uruguaios no site uruguaio, argentino no site argentino), e não dólares.

3. De avião

A rota entre Montevidéu e Buenos Aires é uma ponte aérea platina, usada o dia inteiro por executivos. Atualmente apenas a Aerolíneas (por meio de sua sucursal Austral), que opera com jatos Embraer E90 (tempo de vôo: 45 min.), atua na rota. Ir de avião só vale a pena se, em Buenos Aires, você embarcar ou descer no Aeroparque (AEP), o aeroporto central, que está a 10/15 minutos do seu hotel no Centro, na Recoleta ou em Palermo. Se é para desembarcar em Ezeiza (EZE), que está a uma hora do centro, será mais rápido ir de barco direto, do centro ao centro.

4. De carro

Carro é um estorvo em Buenos Aires, mas caso você tenha alguma razão forte para carregar seu carro de um país ao outro, o melhor caminho é pelo ferry direto Buquebus entre Montevidéu e Buenos Aires, que leva carros na “bodega”. A viagem leva 2h15. O embarque/desembarque em Montevidéu é no terminal de passageiros do porto (bem atrás do Mercado del Puerto); em Buenos Aires, no terminal do Buquebus na continuação do Puerto Madero, em frente à avenida Córdoba (a quatro longas quadras da Florida). O site uruguaio do Buquebus tem preços menores; pode comprar mesmo se for sair de Buenos Aires. Note que o sinal “$” significa pesos (uruguaios no site uruguaio, argentino no site argentino), e não dólares..

FONTE:
http://www.viajenaviagem.com/2011/11/5-roteiros-para-combinar-argentina-e-uruguai-na-mesma-viagem

http://www.viajenaviagem.com/2011/01/de-montevideu-a-buenos-aires-todas-as-possibilidades