9º Siepe 50 trabalhos premiados

Na tarde desta quinta-feira, 23, ocorreu a cerimônia de premiação do 9º Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepe). Este ano, foram 1.698 trabalhos de iniciação científica inscritos, sendo 50 premiados nas modalidades oral e pôster, em quatro categorias.
Nas categorias de Ensino e de Pesquisa, foram premiados os trabalhos destaques nas duas modalidades em cada uma das áreas do conhecimento, conforme o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que são: Ciências Agrárias; Ciências Biológicas; Ciências da Saúde; Ciências Exatas e da Terra; Ciências Humanas; Ciências Sociais Aplicadas; Engenharia; Linguística, Letras e Artes.
A categoria Extensão é divida em oito áreas temáticas: comunicação; cultura; direitos humanos e justiça; educação; meio ambiente; saúde; tecnologia e produção; trabalho. Já a última categoria, Inovação, premia dois alunos, sendo um aluno em cada modalidade (oral ou pôster).
Um dos trabalhos premiados na categoria de Extensão, modalidade pôster, foi “Consumidor Consciente”, do acadêmico do quarto semestre do curso de Direito, da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Campus Santana do Livramento, Gabriel Ostrowski Müller. O trabalho é oriundo de um projeto de extensão que tem como foco conscientizar a população por meio do compartilhamento de informações dos direitos do consumidor. “Fico agradecido que o projeto de extensão ‘Consumidor Consciente’ seja reconhecido pela visibilidade que traz para a comunidade santanense”, afirmou o estudante.
Na categoria Pesquisa, modalidade oral, uma das contempladas foi a estudante do curso de Pedagogia, da Unipampa, Campus Jaguarão, Grazielle de Souza Brandão, com a pesquisa sobre Cibercultura na formação docente do pedagogo. “Estou surpresa, feliz e não imagina por ser pouco tempo de curso”, contou a acadêmica.
Na mesma categoria, modalidade pôster, um estudo sobre a evolução do Latim foi premiado. A autora, Daiane Ferreira Reis, estudante do sexto semestre do curso de Letras – Português, Espanhol e respectivas Literaturas, da Unipampa, Campus Jaguarão, relevou seu sentimento ao ser agraciada: “Para mim é muito gratificante receber esse prêmio, pois foi um trabalho árduo. Agradeço imensamente a professora Aline, pois sem ela não seria possível. O fato de eu estar na Universidade é porque alguém acreditou em mim e eu vou fazer o meu melhor. E pretendo ganhar o ano que vem de novo”.
Após a entrega da premiação, o reitor da Unipampa, Marco Antonio Fontoura Hansen, parabenizou os premiados e reforçou a importância do Siepe para mostrar o potencial que há dentro da universidade e das outras instituições parceiras.
Em 2017, foram contemplados: