Edições Anteriores

2017

Os educadores brasileiros Anísio Teixeira e Darcy Ribeiro contribuíram intensamente para desenvolver nas pessoas a compreensão da necessidade da luta por uma nova realidade educacional e política para o desenvolvimento do País.

Um projeto de mundo possível, alicerçado em valores baseados na justiça social e cognitiva e na crença que somente a partir da educação, homens e mulheres tornar-se-ão capazes de enfrentar realidades desiguais, e de forma cidadã lutarem posicionando-se por um mundo menos injusto e excludente.

Neste ano de 2017, vinte anos da morte de Darcy Ribeiro, faz-se urgente retomar seu legado e suas concepções de sociedade, homem e educação na esperança de que homens e mulheres conscientes do mundo que vivem, possam alterar o rumo da história.

 

2018

O evento Tempos e Diálogos entre o vivido e o por viver: Por um mundo possível, pretende fortalecer os espaços dialógicos construídos de integração entre universidade e sociedade possibilitando a continuidade e ampliação de momentos de estudo, pesquisa e reflexão crítica sobre a realidade da educação Brasileira , integrando contributos epistemológicos imprescindíveis para a construção de uma ética universal.

O evento desenvolvido neste ano, além de estudos específicos de teóricos brasileiros, terá a participação de docentes nacionais e internacionais que agregarão conceitos epistemológicos centrados no compromisso com um mundo possível alicerçado em uma ética universal e responsabilidade social. Além disso, como atividades posteriores ao evento, durante o ano, serão organizados momentos de estudo, palestras e apresentação de ações realizadas nacionais e internacionalmente .Construir um espaço crítico e dialógico entre a universidade e a sociedade, envolvendo docentes, discentes e comunidade em geral imbuídos do compromisso de refletir uma educação comprometida com a construção de um mundo possível, mais justo e humanizado.

Apoiar e incentivar a partilha e criação de grupos de estudo e práticas educativas promotoras da educação para todos ancorada na inclusão social, respeito aos direitos humanos, à justiça social,à diversidade, igualdade de gênero e à sustentabilidade ambiental.